14/11/2020

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o secretário da Saúde, Beto Preto, assinaram a ordem de serviço para o início da obra. A unidade do Honpar, com capacidade de cuidar de 4 mil pacientes por mês, será destinada ao atendimento de urgência e emergência do município e da região.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, assinaram nesta terça-feira (10) a ordem de serviço para o início da obra de construção do novo Pronto Socorro do Hospital Norte Paranaense (Honpar), de Arapongas. O processo, que teve início em 2018, foi orçado em mais de R$ 16 milhões, mas após revisão e reestruturação houve economia de quase 20% no projeto, com liberação final de R$ 13,5 milhões.

O novo prédio terá quatro pavimentos e fica às margens da PR-444. A obra de quase 4 mil metros quadrados será concluída em até três anos. A unidade, com capacidade de cuidar de 4 mil pacientes por mês, será destinada ao atendimento de urgência e emergência do município e da região.

O governador destacou que o projeto atende ao conceito de regionalização da saúde. “Assinamos a liberação de mais uma obra importante para o Paraná, que levará saúde mais próxima da residência das pessoas. Esse é o nosso plano, regionalizar a saúde para que sejam evitados os deslocamentos”, disse Ratinho Junior.

O processo para a construção do Pronto Socorro no Honpar teve início em 2018, mas foi paralisado algum tempo depois. O Governo do Estado retomou o projeto neste ano. O convênio celebrado entre a Associação Norte Paranaense de Combate ao Câncer, instituição filantrópica mantenedora do Honpar, e a secretaria estadual da Saúde tinha orçamento inicial de R$ 16.620.852,25. Após a revisão do processo e do projeto o Estado conseguiu reduzir o montante para R$ 13,5 milhões sem perder nenhuma estrutura fundamental ao atendimento.

O secretário da Saúde, Beto Preto, afirmou que o novo espaço será fundamental para a assistência à saúde da população do Norte do Paraná. “O Honpar terá melhores condições de atendimento e vai atender mais cidadãos e em menos tempo, com uma estrutura mais barata e efetiva”, disse. “É mais um passo no processo de regionalização da saúde, que apoia integralmente o trabalho dos hospitais filantrópicos. É com obras como esta que conseguiremos solucionar pendências antigas no Estado”.

HONPAR – O Honpar é um hospital geral com 220 leitos, sendo 46 de UTI, 43 apartamentos e enfermarias. O corpo clínico é formado por aproximadamente 150 médicos das mais diversas especialidades, entre elas cirurgia geral, cardiologia e cirurgia cardíaca, neurologia e neurocirurgia, ortopedia, urologia, ginecologia e obstetrícia, cirurgia plástica, oncologia e cancerologia cirúrgica, endocrinologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, reumatologia, pediatria, nefrologia, dermatologia, angiologia e cirurgia vascular.

A Associação Norte Paranaense de Combate ao Câncer, instituição privada sem fins lucrativos, foi fundada em 2000 por um grupo de profissionais da área da saúde da região. Desde a sua fundação a entidade desenvolve ações educativas e preventivas na área de oncologia, com o objetivo de sensibilizar e conscientizar a população sobre a importância da prevenção do câncer.

Deixe seu comentário