Governo nomeia reitores da UEL, UEPG e UENP eleitos pelas comunidades universitárias - UEL-Marta Regina Favaro-Airton Petris - Foto: SETI-PARANÁ

08/06/2022

Decretos de nomeação foram assinados pelo governador em exercício Darci Piana. Eles foram eleitos pelas comunidades acadêmicas em consultas públicas e atuarão no quadriênio 2022-2026.

O governador em exercício Darci Piana nomeou, por meio dos decretos nº 11.309/2022, nº 11.321/2022 e nº 11.322/2022, já publicados no Diário Oficial do Estado, os reitores e vice-reitores das universidades estaduais do Norte do Paraná (UENP), de Ponta Grossa (UEPG) e de Londrina (UEL), para o quadriênio 2022-2026. Os seis docentes foram eleitos pelas comunidades acadêmicas em consultas públicas realizadas no primeiro semestre deste ano.

A solenidade de transmissão do cargo de reitora da UEL para a professora Marta Regina Gimenez Favaro e a posse do professor Airton José Petris como vice-reitor da instituição será nesta quinta-feira (9), no Cine Teatro Ouro Verde, às 19h30. O evento deve reunir autoridades municipais e estaduais e membros dos conselhos superiores da UEL, além de estudantes, professores e profissionais da carreira técnica-administrativa da instituição.

Na UENP, os docentes Fábio Antônio Néia Martini e Ricardo Aparecido Campos serão empossados como reitor e vice-reitor, respectivamente, no dia 22 de julho. Já a cerimônia de recondução do professor Miguel Sanches Neto ao cargo de reitor da UEPG e de posse do vice-reitor Ivo Mottin Demiate está agendada para 1º de setembro.

O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, reiterou o compromisso do governo com a autonomia universitária e o processo de escolha dos representantes das comunidades acadêmicas. “O intuito é incentivar as universidades para que estejam cada vez mais comprometidas com o desenvolvimento regional, sustentável, tecnológico e cultural, assegurando um estado moderno e inovador, com resultados efetivos para toda a população”, afirma.

De acordo com Bona, os professores designados para os cargos de gestão superior das universidades são profissionais experientes, altamente qualificados e compromissados com o fomento das atividades de ensino, extensão e pesquisa. Todos foram eleitos com pautas voltadas à produção científica e tecnológica e ao fortalecimento dos cursos de graduação e programas de pós-graduação. Somente o professor Miguel Neto, da UEPG, já exerce o cargo desde 2019 e concorreu para reeleição.

REPRESENTATIVIDADE – Quarta mulher a ocupar a função na Reitoria da UEL, a professora Marta Favaro destaca a participação feminina em posições de liderança nas instituições de ensino superior e de pesquisa científica e tecnológica. “A eleição de mais uma mulher reitora demonstra a força de mobilização e presença feminina na administração da universidade. Assumir a gestão no cenário atual é um grande desafio e requer um compromisso sólido com a comunidade que aderiu ao projeto proposto”, pontua.

Até então à frente da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), ela explica que fará uma gestão participativa, caracterizada pelo engajamento coletivo. “Recentemente, empreendemos ações baseadas no acolhimento e na escuta, pensando alternativas para superarmos os desafios impostos pela pandemia. Agora, já validadas pela comunidade, vamos implementar essas iniciativas em todos os espaços da universidade”, sinaliza.

INSTITUIÇÕES – Reconhecidas pela qualidade do ensino, pesquisa e extensão, UEL, UEPG e UENP reúnem, aproximadamente, 35 mil estudantes, 3.047 professores e 4.700 agentes universitários. Juntas, somam 126 cursos de graduação e 239 cursos de pós-graduação, entre especializações, mestrados e doutorados, contemplando todas as áreas do conhecimento. Anualmente, as instituições se destacam em variados rankings universitários nacionais e internacionais.

As infraestruturas acadêmicas das três universidades contam com salas de aulas, laboratórios, bibliotecas, restaurantes, cantinas, áreas para esporte e lazer, entre outras instalações voltadas à formação e qualificação profissional e produção científica.

O portfólio de serviços ofertados para a comunidade abrange hospitais; clínicas de especialidades médicas, odontológicas e veterinárias; escritórios de práticas jurídicas; empresas juniores; núcleos de inovação tecnológica; agências de inovação; e incubadoras de empresas.

Governo nomeia reitores da UEL, UEPG e UENP eleitos pelas comunidades universitárias – UEL-Marta Regina Favaro-Airton Petris –
Foto: SETI-PARANÁ

Deixe seu comentário