07/07/2019

Rafael Cordeiro de Oliveira, 26 anos, foi preso em flagrante após bater em carro da ex-esposa, agredir a mulher e arrastá-la pelos cabelos, mesmo armado com uma faca, mas acabou sendo contido por populares, perseguido e preso pelo cabo aposentado da PM de Apucarana.

Homem persegue carro da ex, causa acidente e espanca mulher, foge após ser contido por populares, mas acaba preso em Apucarana Imagem: Juarez Rocha – Canal 38).

Uma mulher de 25 anos foi perseguida e agredida pelo ex-marido na Avenida Aviação no Jardim Trabalhista, em Apucarana, no final da manhã deste sábado (06). O agressor, de 26 anos, bateu na lateral do carro da vítima para que ela parasse. Em seguida, o homem a arrastou pelos cabelos e lhe ameaçou de morte.

“Meu ex-marido fica tentando voltar e eu não quero voltar com ele, e acabou me fechando e veio batendo em meu carro, que estava com minha sobrinha de 06 meses e meu filho de 05 anos, e ele me arrancou pelos cabelos de dentro do carro e minha irmã foi tentar me socorrer e ele foi me arrastando, por sorte chegou uns rapazes para ajudar, porque senão ele podia me matar, ele estava com uma faca”, disse a mulher.

O homem não aceitou o fim do relacionamento e começou a ameaçar a ex-mulher, segundo ela “Nós fomos casados por 1 ano e oito meses, e já ia fazer quatro meses que estamos separados, eu solicitei uma medida protetiva contra ele, tenho botão do pânico, mas ele não respeita polícia ele não respeita nada, ele vai preso e fica cinco dias, já foi preso duas vezes. Eu peço justiça, ele vai acabar me matando, ele é muito perigoso e já falou que quando sair de lá, ele vai me matar” alertou a mulher.

Após o homem ser contido por populares, ele fugiu, mas acabou sendo perseguido e preso pelo Cabo aposentado da Polícia Florestal.

Segundo J. Claudio da Guarda Municipal de Apucarana “Nós estávamos desde a madrugada, a mulher aciona o botão do pânico, e chegando na casa, ele consegue um contato visual da viatura aí ele foge, a viatura fica um tempo em frente à residência, assim que a viatura sai ele retorna e ela novamente aciona o botão, quando ela resolve ir para casa de parentes, porque a ameaça é muito grande, ele fica mandando áudio para ela, fazendo ligações para ela, nós conseguimos flagrar os áudios que ele estava mandado, pois o telefone estava em viva voz, ela indo para casa dos parentes, ele conseguiu desvencilhar da equipe e perseguiu ela e veio acontecer de ele jogar o carro em cima dela” informou o GM.

O agressor disse sua versão dos fatos ao repórter Juarez Rocha do Canal 38 “ Eu perdi a cabeça e fiz “cagada”, eu vi ela ali, ela passou em frente de casa, e eu sai atrás dela e fiz “cagada” é a terceira vez que a gente briga, eu descumpri a medida protetiva, eu aceito meu erro, falar um negócio amor, me perdoa, vou pagar pelo que fiz” disse Rafael.

 

O caso foi registrado pela Guarda Municipal e Polícia Militar de Apucarana, o veiculo, que o autor estava conduzido, foi apreendido pela PM e encaminhado para o pátio do Detran, anexo ao 10º Batalhão de Polícia Militar (10º BPM) de Apucarana.

O homem foi preso pela equipe da GM e encaminhado para a 17ª (Subdivisão Policial) de Apucarana, para ser autuado pela autoridade policial, onde está à disposição da Justiça.

Veja matéria completa no Canal 38 em nossa programação de jornalismo;

– Jornal da Manhã às 07h00 com Welber Lima.

– Patrulha da Cidade às 11 e 19 horas com Paulo Farias e sua equipe.

– Jornal 38 às 12h00 com Narciso do Prado.

– Programa Fala Cidade às 12h30 com Luiz Magalhães.

– Programa Apucarana no Ar às 18h00 com Wilson Mota.

Imagens: Juarez Rocha – Canal 38

Curta nossa página no Facebook e receba notícias.

Deixe uma resposta