16/11/2019

Policial dá 3 tiros de pistola em homem que tentou pegar arma de PM, nesta sexta-feira (15) em Faxinal.

Policiais militares de Faxinal foram obrigados pelas circunstâncias a fazer disparo de arma de fogo para conter um motorista abordado na sexta-feira (15) que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A PM fazia patrulhamento de rotina quando realizou abordagem de um veiculo Fiat Strada de cor preta. Como o condutor do carro não tinha CNH e o veiculo possuía débitos tributários junto ao Detran, os PMs fizeram os autos de infração de trânsito de praxe nesse tipo de situação. Foi acionado o guincho para levar o Fiat Strada ao pátio do 53ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Faxinal, ante a ausência de condutor devidamente habilitado no local. Já o motorista abordado foi orientado quanto aos procedimentos a serem adotados e liberado em na sequência.

Enquanto equipe de policiais aguardava o guincho chegar, compareceu ao local um senhor, o qual afirmou para a equipe ser proprietário do veiculo, sendo que esse se dirigiu a um dos policiais e perguntou “quem você pensa que é?, o que você acha que está fazendo? não tem nada melhor para fazer não?”. O PM pediu então que o mesmo se acalmasse pois estaria se exaltando sem necessidade alguma. Conforme a equipe policial, nesse momento o mesmo tentou entrar no veiculo e disse – “vocês não vão apreender meu carro, seus bostas, vão se f…, vão procurar o que fazer”.

Diante o crime de desacato praticado pelo homem, os policiais deram voz de prisão ao mesmo, o qual de imediato tentou fugir, mas acabou alcançado. Realizada a abordagem ao mesmo ele disse: “tá bom, tá bom, eu me rendo pode me prender”.

O policial coldreou sua arma e quando foi colocar a algema no homem, em um ato de resistência ativa, ele se desvencilhou das mãos do PM e conseguiu pegar o pescoço do mesmo (golpe de mata leão).

Foi necessário uso força física para se desvencilhar do autor do desacato, que tentou ter acesso a arma (pistola) do policial, o qual também se encontrava com o fuzil .566. O PM então conseguiu sacar sua pistola e efetuou um disparo o qual acertou a mão esquerda do elemento.

Mesmo baleado na mão, o homem não se conteve e deu sequência ao desacato contra o policial, o qual mesmo com sua arma (pistola) e o fuzil, teve de entrar em luta corporal com ele.

Nesse momento a arma do policial foi disparada novamente duas vezes. Os tiros atingiram a região da coxa e pé esquerdo do autor do desacato. Mesmo ferido, o homem baleado ainda demonstrava elevada agressividade ainda ameaçava a equipe dizendo “isso não vai ficar assim, na rua a gente se acerta”.

Diante dos fatos foi acionado o Copom da 6ª CIPM, informando o fato e solicitando imediatamente o comparecimento no local da ambulância do Samu e ambulância do Hospital Municipal. A equipe policial foi informada que ambas as ambulâncias se encontravam em ocorrência e que iriam demorar para prestar socorro.

Diante da situação e ainda da necessidade imediata de atendimento médico – o agressor ferido a tiros se encontrava com grande perda de sangue e chegou a ficar inconsciente – os próprios policiais levaram o senhor até o Hospital Municipal de Faxinal para atendimento médico.

As informações de domínio público são da Polícia Militar

Compartilhe:

Sobre o Autor

**** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal do Canal 38 pelo Whatsapp: (43) 9 8447-1929 ****

2 Comentários

  1. E o policial, que estava fazendo seu serviço sem cumprimento à lei, provavelmente vai ter que dar explicações à justiça e sofrer toda a sorte de humilhações.

Deixe Um Comentário