09/06/2021

A direção do Hospital da Providência, de Apucarana, divulgou um comunicado na manhã desta quarta-feira (9) relatando que iria restringir o atendimento até 11 de junho porque a taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 130% e leitos clínicos em 127% no setor Covid-19, e ainda porque o Honpar suspendeu os atendimentos do Pronto Socorro geral após um paciente que estava no local testar positivo para o novo Coronavírus.

Isso poderia supostamente aumentar a demanda de pacientes no Hospital da Providência (já superlotado), que seriam atendidos a priori no Honpar.

Mas de acordo com informações, o Hospital da Providência voltou atrás posteriormente e informou que não vai deixar de atender pacientes encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e os casos graves clínicos do setor Covid-19.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário