09/11/2020

Um incêndio destruiu na manhã deste sábado (7), parte da Ponte Pênsil, na divisa dos estados de São Paulo e Paraná, entre Ribeirão Claro e Chavantes.

O Corpo de Bombeiros de Jacarezinho (PR) foi responsável pelo combate das chamas, já que o incêndio se deu do lado paranaense. A polícia do Paraná vai investigar e poderá apontar quem pode ter causado este incêndio criminoso.

As causas do incêndio, que começou antes das 5h da madrugada, estão sendo apuradas. De acordo com informações é pelo menos a quarta vez, em 75 anos, que a ponte é destruída por incêndio.

A ponte é histórica e um ponto turístico entre os municípios, tanto do lado paulista, como do paranaense, sobre as águas do Rio Paranapanema.

Sobre a Ponte

A Ponte Pênsil Alves de Lima, conhecida como Ponte Pênsil de Chavantes, completa 100 anos no próximo dia 4 de dezembro. Inaugurada neste dia do ano de 1920, a ponte tem 149 metros de extensão e possui um vão suspenso de 82 metros.

Por seu valor histórico, foi tombada em 1985 como bem cultural de interesse histórico e tecnológico pelo Governo do Estado de São Paulo através do Condephaat e em 2001 pelo Conselho Estadual do Patrimônio Histórico do Paraná.

Em 2011, a ponte pênsil foi restaurada pela Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que também construiu ao lado uma ponte de concreto. Neste ano, o tráfego de veículos na ponte pênsil foi suspenso pelo Departamento de Estrada de Rodagens (DER). Fonte: Site Passando a régua.

Deixe seu comentário