03/09/2020

O investigador Roberto Francisco de Souza, da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana, falou sobre o crime que vitimou Julia Aparecida dos Santos Viana Barbosa, de 30 anos, ocorrido na tarde desta quinta-feira no Residencial Solo Sagrado. Ela foi morta pelo ex-companheiro com um tiro no rosto.

Após perseguição, o autor do crime, Adeílton Carneiro, de 37 anos, foi preso em área rural na região do Núcleo João Paulo. Ele já tinha passagem por tentativa de homicídio contra a mulher e por tráfico de drogas e usava tornozeleira eletrônica, que foi arrancada pouco antes dele cometer o feminicídio.

Deixe seu comentário