14/05/2022

Estudante de 18 anos, moradora da região do Barreiro, também foi selecionada para as tradicionais faculdades de Yale e Stanford.

Uma estudante de Belo Horizonte conquistou uma marca pouco alcançada no mundo. Aos 18 anos, a jovem ganhou bolsas de estudos para estudar em Harvard, Stanford e Yale, as universidades mais tradicionais dos Estados Unidos.

Apesar da escolha ser difícil, Sofia Santos de Oliveira, moradora da região do Barreiro, já bateu o martelo sobre o futuro: vai cursar o ensino superior em Harvard.

Sofia conta que sempre buscou bolsas para estudar em escolas particulares da capital. Durante o Ensino Médio, ela atravessava a cidade para estudar na região centro-sul. Todos os dias, a estudante acordava as 5 horas da manhã e pegava dois ônibus, demorado cerca de uma hora e meia para chegar à escola. “Foi muita emoção, foi um alivio enorme ver que todo o esforço dessses anos tava ali sendo recompensado” contou a estudante.

Ela se inscreveu em processos seletivos para estudar em três universidades americanas e passou em todas. Somadas, as bolsas chegam a quase a R$6 milhões.

A bolsa para os cursos de química e ciências políticas em Harvard cobre custos de moradia, alimentação e até passagens para ela visitar o Brasil nas férias, durante os quatro anos de curso. A estudante vai embarcar para os Estados Unidos em agosto.

O pai está orgulhoso e confessa que o coração está apertado. Elias Cândido dos Santos é fiscal de vigilância privada e conta que a filha sempre foi muito dedicada: “Eu estou mais alegre do que triste, é uma realização, uma honra ter uma filha igual a ela”.

Sofia quer servir de exemplo para inspirar outros jovens a realizarem seus sonhos. “Eu quero ser o exemplo de que com muito esforço e com as oportunidades certas, se dedicando totalmente, é possível alcançar qualquer objetivo, qualquer sonho, por maior que ele seja”, conclui a estudante.

Kiuane Rodrigues, da Record TV Minas

Deixe seu comentário