22/04/2020

Marginais entraram por acesso lateral onde está sendo realizada a segunda etapa das obras no espaço cultural.

Onze violões que eram utilizados nas aulas de música no Cine Teatro Fênix foram furtados. Funcionários do espaço, quando voltaram ao trabalho após o feriado, depararam com três portas arrombadas. A Secretaria da Promoção Artística, Cultural e Turística de Apucarana (Promatur), que também funciona no prédio, registrou boletim de ocorrência e está solicitando as imagens de câmeras junto a lojas que funcionam nas imediações.

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, lamentou mais este episódio que resultou em danos ao patrimônio público. “Isso já aconteceu anteriormente em creches, unidades de saúde, centros esportivos e agora atingiu também a área da cultura. Foram levados todos os violões que estavam na sala de música, que eram utilizados por cerca de 180 jovens e crianças nas aulas”, lamenta Junior da Femac.

De acordo com a professora Maria Agar, secretária da Promatur, o arrombamento ocorreu pelo acesso lateral, na Avenida Curitiba. “É a entrada lateral onde está sendo realizada a segunda etapa das obras no espaço cultural. As fechaduras foram quebradas e retiradas”, informa.

Maria Agar afirma ainda que os autores do furto circularam pelo Cine Teatro Fênix em busca outros objetos. “Eles chegaram a retirar as proteções que estavam sobre poltronas por causa das obras e também encontramos uma caixa de som fora do lugar”, cita a secretária da Promatur.

O piano, que estava na sala de música, não foi levado por ser um instrumento muito pesado. “Ficamos tristes pelo fato, pelos danos materiais e principalmente pelos violões que são usados nas aulas. O prejuízo, no entanto, poderia ser maior se eles tivessem conseguido arrombar uma grade que dá acesso à área administrativa, onde estão guardados outros objetos e equipamentos”, observa.

Maria Agar afirma que as aulas estavam suspensas por causa da pandemia do coronavírus e o retorno dependerá de um remanejamento de instrumentos. “O Município tem ainda cerca de 100 violões, que estão guardados em outros espaços públicos onde há grupos de música. Posteriormente, quando as aulas forem retomadas, precisaremos fazer um remanejamento dos instrumentos para viabilizar as turmas que funcionavam no Cine Teatro Fênix”, assinala. As informações são da assessoria de imprensa da prefeitura de Apucarana.

Deixe seu comentário