18/05/2020

A deputada federal Luísa Canziani (PTB-PR) dá o primeiro passo para a implementação do parque tecnológico do Vale do Ivaí.

Nesta terça-feira (dia 19/5), um grupo de trabalho participa da primeira reunião para discussão e preparação de uma proposta de valor para o parque, que poderá ser instalado entre os municípios de Apucarana, Arapongas e Jandaia do Sul. O encontro vai ocorrer via sessão remota e está marcado para às 16 horas.

Fazem parte do grupo de trabalho a deputada Luísa Canziani e Alex Canziani – idealizadores da proposta -, além de representantes das instituições de ensino superior instaladas nos três municípios (campus avançado da Universidade Federal do Paraná e de órgãos, Instituto Federal do Paraná e Universidade Tecnológica Federal) e de órgãos técnicos como Sebrae, além de lideranças políticas e empresariais. Durante a reunião de terça-feira, a intenção é definir a área de atuação do parque e o trabalho a ser desenvolvido.

Também participam do encontro Zaki Akel Sobrinho, ex-reitor da Universidade Federal do Paraná, que tem conhecimento amplo em inovação e consultor do Biopark, de Toledo; e José Maurino, diretor-executivo do Sistema Estadual de Parques Tecnológicos do Paraná (Separtec), órgão vinculado à Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do governo do Estado; que vão falam sobre suas experiências com parques tecnológicos.

Recentemente o governo do Estado anunciou que iria fomentar os parques tecnológicos instalados em várias regiões como forma de alavancar o desenvolvimento regional e fortalecer a geração de emprego e renda. Já foram identificados 18 projetos que poderão receber incentivos. “Uma região estratégica ainda não está inserida nesse processo, apesar de reunir todas as condições necessárias. A região entre as cidades de Apucarana, Arapongas e Jandaia do Sul tem importantes ativos que podem – e devem – ser incentivados”, salienta a deputada Luísa.

Com uma população superior a 230 mil pessoas (sem considerar os municípios do entorno), no local estão instaladas três instituições federais de ensino superior: Universidade Tecnológica Federal (Apucarana), campus avançado da Universidade Federal do Paraná (Jandaia do Sul) e o Instituto Federal do Paraná (Arapongas).

A região ainda conta com uma universidade estadual, a Unespar, além de diversas e tradicionais instituições privadas, unidades de ensino a distância, empresas juniores (atreladas às universidades), escolas técnicas e unidades do Sebrae, Senai, Senac, Sesc e Sesi. Estão estabelecidos importantes polos industriais nas áreas têxtil, moveleira, alimentos, tecnologia da informação, química, entre outros, além do agronegócio.

A participação na reunião é aberta a todos os interessados, mas é preciso fazer a inscrição previamente pelo endereço eletrônico: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfMlfglq8LrezblPNKMuniLpOYEmpI6qmOI5kPN5Kzt0F8qbQ/viewform

Deixe uma resposta