Imagem: Reprodução/YouTubeCanal 38

22/02/2022

Na última sessão da Câmara de Vereadores de Apucarana, realizada na segunda-feira (21) à tarde, o vereador Lucas Leugi foi enfático ao cobrar melhor atendimento e disponibilidade de mais linhas por parte da Viação Apucarana Ltda, única empresa que opera no transporte coletivo urbano e ainda recebe subsídio mensal por passagem da prefeitura.

A bem da verdade, é importante lembrar que de março até dezembro de 2021 a prefeitura de Apucarana pagou subsídio municipal na ordem de R$ 2,5 milhões à empresa VAL, do transporte público, e decidiu manter o pagamento de tal subsídio durante os 12 meses de 2022 e ainda autorizou um reajuste de 13,33% na tarifa no início deste ano.

Imagem: Reprodução/YouTubeCanal 38

“A VAL não tem pontos de ônibus para os usuários do transporte coletivo, a VAL não tem linhas suficientes que atendam a demanda da nossa população, a VAL trata o nosso povo como se nós não tivéssemos dignidade, porque os ônibus vão empassocados com os trabalhadores apucaranenses e a VAL é a única empresa a receber mensalmente um subsídio da Prefeitura de Apucarana por passagem. Então o que deve a VAL ao apucaranense é satisfação e é isso que nós estamos cobrando da empresa”, frisou o vereador Lucas Leugi.

 

Deixe seu comentário