07/04/2021

O vereador Lucas Leugi voltou a cobrar de forma contundente o prefeito de Apucarana, Júnior da Femac, em entrevista ao Canal 38, sobre a falta de providências em relação a denúncias de corrupção no trabalho de roçagem de terrenos na cidade, que foi terceirizado pela administração municipal.

A denúncia envolve um servidor público que trabalha no gabinete do prefeito Júnior da Femac.

“Da Roçadinha o prefeito não se manifestou. Eu acho muito engraçado, quando é coisa boa o prefeito se manifesta em tudo, é o primeiro a querer dar entrevista, é o primeiro a querer sair nas manchetes. Agora quando o assunto diz respeito a assunto de dentro da ‘cozinha’ dele, porque o trabalhador, o servidor, que é o ponto chave de toda esta investigação trabalha na mesa ao lado da mesa do prefeito, são poucos que trabalham na mesa do gabinete,e esse servidor é um deles, é difícil porque a gente fica sabendo pela boca dos outros que foi instaurada uma sindicância. Sei do trabalho firme do Ministério Público, que segundo informações, já instaurou um inquérito para poder investigar esta fraude. Agora é dever também publicizar alguns atos até para que se tenha o direito ao contraditório e da ampla defesa para a própria prefeitura de Apucarana”, afirmou Lucas Leugi.

Veja entrevista:

Deixe seu comentário