23/06/2022

Roseane Ieda passa seus dias na praça de Castanhal, no Pará, alugando o pula-pula para garantir o sustento da família.

A formatura de Henrique Franco, de 23 anos, foi um momento de emoção em dobro para sua mãe, Roseane Ieda, de 46 anos. Durante as fotos para a cerimônia, o digital influencer resolveu homenageá-la usando o uniforme da empresa de pula-pula que ela administra.

“Quem conhece minha mãe sabe muito bem o quanto ela já batalhou nesta vida”, diz Henrique, que trabalha como digital influencer. Ele conta que Roseane custeou a criação dos dois filhos com o dinheiro que ganha alugando um pula-pula, R$ 5 por 10 minutos.

Roseane fica na Praça Imperial, na cidade de Castanhal (PA), todos os dias, “dando todo amor e dedicação para as crianças”, como descreve Henrique.

Ele relata que, antes do pula-pula, sua mãe trabalhava como vendedora na loja do marido. O empreendimento, no entanto, faliu e o casamento acabou. Sem amparo, ela se viu sozinha com dois filhos pequenos.

“Foi quando ela teve a ideia de pegar um pula-pula e levar para a praça. Era a única fonte de renda dela”, relembra Henrique.

Ele conta que costumava trabalhar diariamente com a mãe, até que passou na faculdade de educação física, na Universidade Federal do Pará, e começou a focar em seu trabalho como digital influencer. Até hoje, entretanto, ele a acompanha aos fins de semana e em festas infantis com o pula-pula.

“Foi com a renda do pula-pula que eu comecei a faculdade, comprando os materiais necessários e lanches, e pagando as passagens de ônibus para me levar até lá”, relembra.

Homenagem

Com a chegada do tão aguardado momento da formatura, Henrique decidiu surpreender a mãe com um agradecimento por todo o sacrifício para que os filhos tivessem uma vida plena.

“Essa mulher guerreira sempre fez de tudo para nos dar sempre do bom e do melhor, nos educou da melhor forma possível, para sermos honestos e bondosos, e sempre priorizou nossa educação”, diz.

“Não tinha como eu não fazer essa linda homenagem para ela, pois ela é meu orgulho. Tudo que sou eu sou grato a ela.”

Veja o vídeo abaixo:

Henrique ainda acrescenta: “Ela é minha inspiração, sempre me passou os melhores valores dessa vida, a ser bondoso, honesto, nunca pisar em cima de ninguém e a sempre correr atrás dos meus sonhos. E fiz essa homenagem pela batalha, pela luta e por tudo que ela fez e faz por mim até hoje”.

Deixe seu comentário