17/07/2020

Após autorização do Judiciário, a Polícia Civil de Apucarana incinerou, na manhã desta sexta-feira (17)., cerca de 360 kg de maconha, dois quilos de cocaína e crack, além comprimidos de ecstasy e sementes de cannabis sativa (vegetal do qual é produzida a maconha).

A incineração ocorreu em um fornalha que foi disponibilizada por uma empresa de Apucarana para a realização do procedimento, que foi feito com apoio da Vigilância Sanitária.

Conforme entrevista do delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), Marcus Felipe da Rocha Rodrigues, ao repórter e apresentador Paulo Farias, do Canal 38, essa foi a quarta incineração de drogas feita em 2020. Os entorpecentes foram apreendidos pelas forças de segurança – Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e Polícia Civil – nos últimos dois meses.

“Incineramos aproximadamente 360 kg de maconha, 2kg de cocaína e crack e comprimidos de ecstasy. Essas apreensões ocorreram em Apucarana e houve uma grande apreensão realizada pela PRF em Jandaia do Sul. Isso demonstra que forças de segurança vêm atuando de forma efetiva contra o crime tráfico de drogas, que infelizmente puxa a prática de outros delitos. Queremos agradecer à empresa que sempre nos cede a fornalha para a incineração dos entorpecente e à Vigilância Sanitária que nos deu apoio. Entre as drogas incineradas estavam um tipo de maconha mais sofisticada apreendida pela PM, como o skank e haxixe “, afirmou o delegado Marcus Felipe.

Deixe seu comentário