22/11/2020

Relatório de ocorrências da Polícia Militar (PM) de Apucarana divulgado neste domingo (22) dá conta que às 2h05 da madrugada deu entrada no local uma menina de 7 anos, residente em Jandaia do Sul, com fratura do fêmur da perna esquerda provocada por agressão.

No local, policiais militares entraram em contato com a mãe da criança. Esta informou que reside à margem da BR-369, no município de Jandaia do Sul, e que saiu de casa por volta das 20 horas, sendo que por volta das 22h recebeu a ligação de sua sogra informando que sua filha de 7 anos havia sido agredida pelo irmão de 13 anos. Quando ela retornou para sua residência sua sogra informou que o filho havia discutido com a irmã e lhe agrediu.

A sogra então brigou com ele e mandou que saísse de sua casa, mais ele queria sair junto com sua irmã, porém a irmã se recusou em acompanhar o menino, e neste instante ele ficou alterado e agrediu a irmã com chutes em sua perna esquerda, resultando na fratura do fêmur. Contudo, ao interpelar a mãe sobre o motivo da agressão do irmão contra a irmã, ela informou que o garoto foi diagnosticado por hiperativismo e faz uso de remédios controlados diariamente, sendo atendido pelo Hospital Regional de Jandaia do Sul.

Deixe seu comentário