07/07/2021

A família do adolescente Andrew Castro Teixeira, de 14 anos, não se conforma com a fatalidade que tirou a vida do adolescente na terça-feira, 6, em Mandaguari. O menino tomava café da tarde com a família quando se engasgou com um pão de queijo.

Segundo o tio da vítima, José Teixeira Filho, a mãe do menino e os demais familiares que estavam na casa fizeram de tudo para salvá-lo.

“Foi feito de tudo, mas o pão de queijo não saiu da garganta dele. Ele comeu o pão de queijo inteiro e o pão ficou preso na garganta. Foram feitas manobras, bateram nas costas, mas não deu. O pão era grande. Daí eles levaram ele no pronto atendimento mas já estava morto. Os médicos fizeram de tudo também pra reanimar ele mas não deu certo. É triste demais. Está todo mundo muito abalado com isso. Fica o trauma e a dor”, disse o tio do menor.

“A mãe dele não consegue nem falar com a gente. Ela não tem nem condição de conversar de tão triste e abalada que ela tá. Terrível isso. Meu Deus. A gente acha que essas coisas nunca vão acontecer com a gente, né? Mas acontece. Já vi tanto. Menino tão bom. Vai fazer falta demais na família”, acrescentou.

Os familiares e amigos de Andrew se despediram do adolescente na tarde desta quarta-feira, 7, na Capela do Prever de Mandaguari. O sepultamento aconteceu às 16 horas no Cemitério Municipal de Mandaguari. O menino era especial e muito querido pela família e por vizinhos, que também estão muito abalados com a tragédia. As informações são do portal gmconline.com.br, de Maringá.

Deixe seu comentário