16/01/2021

Um adolescente de 16 anos foi apreendido por policiais militares do destacamento de Rio Bom, às 20h50 de sexta-feira (15), com seis buchas de maconha e sete pedras de crack quando estava na Rua José Raimundo Batista supostamente traficando entorpecentes em uma casa abandonada.

Segundo boletim de ocorrência da PM, durante patrulhamento pela Rua José Raimundo Batista a equipe visualizou quando um indivíduo ao perceber a aproximação da equipe policial adentrou no quintal de uma residência abandonada. Os policiais constataram tratar-se de um menor de 16 anos, que recebeu voz de abordagem e em busca pessoal nada de ilícito foi localizado com o mesmo.

Em seguida os policiais militares fizeram buscas nas proximidades onde o abordado estava sentado e localizaram 6 buchas de maconha. Em um outro canto da residência os PMs encontraram 7 pedras de crack, ambas as drogas prontas para a comercialização. Ao ser questionado sobre os entorpecentes o menor afirmou inicialmente que seria apenas usuário, mas em contato com alguns vizinhos próximo ao local da abordagem os policiais militares apuraram que o rapaz estaria naquela residência desde a parte da manhã, e que durante todo o dia teve movimentação na residência, que encontra-se em estado de abandono, tendo em um dos cômodos apenas um colchão, algumas peças de roupa, e um pacote de biscoito, aparentando que a casa estaria sendo utilizada apenas para o tráfico de drogas.

O adolescente disse para os PMs quem seria o dono da droga e o mesmo ainda teria tentado tumultuar o andamento da ocorrências, mas não foi preso porque naquele momento não havia materialidade que o vinculasse ao flagrante. A mãe do menor foi comunicada sobre a situação e o mesmo acabou encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Marilândia do Sul (sede da Comarca) junto com o crack e a maconha para os procedimentos legais. O caso foi relatado ao Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente e à Promotoria da Infância e Juventude.

Deixe seu comentário