13/11/2021

Uma mulher fez reclamação para o repórter Márcio Silvestre, do Canal 38, na qual afirmou que teve que esperar por 12 horas para ser atendida no Hospital da Providência, em Apucarana, mesmo pagando mensalmente um conhecido plano de saúde, cujo valor não é barato.

“Tinha lesionado o joelho, precisava fazer exame de ressonância e fiquei na cadeira de rodas desde a manhã e a moça que fez a ressonância disse que não sabia nem se ia conseguir laudar. Às 19 horas o médico passou por mim para ver meu caso e uma moça chegou e achou um absurdo eu estar ali e a minha nenê mama no peito e eu não consegui nem dar de mama. Aí essa moça chegou e foi atrás das enfermeiras para ver o que estava acontecendo”, disse a mulher, que preferiu não ser identificada. Veja a matéria completa em vídeo do Canal 38.

Deixe seu comentário