13/01/2022

Uma pessoa residente em Apucarana encaminhou mensagem e fotos via whatsapp para o Canal 38 denunciando que o Rio Pirapó, cuja nascente é nas imediação na Unidade de Pronto Atendimento de Apucarana (UPA), na Rua Desembargador Clotário Portugal, no centro de Apucarana, está com a água suja, mau cheiro e peixes estão morrendo.

A pessoa que fez a denúncia optou pelo anonimato. Ela afirma que as autoridades responsáveis por cuidar do rio fazem pouco caso da limpeza do Rio Pirapó.

O denunciante supõe que a situação de poluição no manancial pode ser resultante de problema no frigorífico ou alguma tubulação com vazamento e a água poluída escorre para o rio. Até o momento nenhuma autoridade do setor do Meio Ambiente de Apucarana se manifestou sobre o problema.

Não é de hoje que é realizado despejo de esgoto in natura, no Rio Pirapó, e na região do Parque Bela Vista, em Apucarana. O Rio Pirapó abastece a cidade de Maringá e também é utilizado pela Sanepar em Apucarana no caso de problemas com o Rio Caviúna, principal fonte de captação de água para o município.

A poluição é gravíssima, pois trata-se de esgoto sanitário não tratado. De acordo com o artigo 54 da Lei Ambiental, esse tipo de poluição pode levar os responsáveis para a prisão, pois coloca em risco à Saúde Pública, já que o Rio Pirapó é utilizado para abastecimento de água.

Deixe seu comentário