12/01/2022

Ela afirma que há dois anos conversou com o prefeito Sebastião sobre o problema e ele prometeu solucionar a situação, mas até agora ninguém fez nada.

O repórter Márcio Silvestre, do Canal 38, esteve nesta semana na Rua Aquiles, no Jardim Shangri-lá, nas imediações do Colégio Agrícola Estadual Interventor Manoel Ribas, onde ouviu reclamação da moradora Rosana Braz dos Santos sobre uma árvore que, segundo o pessoal da Copel está condenada, com o sistema radicular comprometido (raízes), e pode cair a qualquer momento, causando danos em residências, no posto de saúde do bairro, sobre veículos e até ferir e provocar a morte de pessoas, além de interromper o fornecimento de energia elétrica

Rosana frisa que a árvore fica em frente a sua casa e está perto da fiação na Rua Aquiles. “Essa árvore pode cair sobre fios, sobre o postinho de Saúde a qualquer momento, causando muitos transtornos. É um risco constante. Há dois anos conversei como prefeito e ele ficou de solucionar o problema, mas até agora nada. Tenho um neto com problema de saúde e o aparelho que ele usa depende de energia elétrica 24 horas por dia. Se essa árvore cair sobre os fios, vamos ficar sem energia elétrica e teremos um grande problema. Por favor, autoridades que administram a cidade, venham aqui cortar essa árvore e ajudar a gente” pediu Rosana Braz dos Santos através do Canal 38. Veja a matéria em vídeo.

SAÚDE PÚBLICA
16ª Regional de Saúde confirma morte por H3N2 em Arapongas

A 16ª Regional de Saúde (RS) de Apucarana, que engloba 17 municípios em sua área jurisdicional, confirmou na terça-feira (11) uma morte decorrente de infecção do vírus H3N2 em Arapongas. De acordo com o órgão, trata-se de uma paciente do sexo feminino, de 71 anos, com comorbidade.

Ainda conforme a 16ª RS, o óbito aconteceu no dia 2 de janeiro deste ano. O material para exame foi coletado em 30 de dezembro de 2021, sendo que o resultado do mesmo saiu no último dia 5.

Deixe seu comentário