21/11/2020

A presidente da associação de moradores do bairro Residencial Solo Sagrado, Miriam Regina Nunes, reclama do matagal, da sujeira, da falta de luz e diz que as crianças brincam no escuro na localidade, situada na zona norte de Apucarana.

“A gente reivindica a questão da limpeza das datas, que é responsabilidade da prefeitura e que venham instalar a cadeira do dentista, pois o posto foi inaugurado há mais de 6 meses e temos que ir até o Núcleo Dom Romeu Alberti para sermos atendidos. É um bairro afastado e a gente pede por favor para o prefeito iluminar o parque do Residencial Solo Sagrado, porque as crianças brincam no escuro e nós ficamos só na promessa.

A gente vai cobrar e vamos cobrar através da lei; tem gente com rinite e eles deixaram a gente ao “Deus dará”. Vamos cobrar nossos direitos nem que para isso tenhamos que ir ao Ministério Público”, enfatiza a presidente da associação de moradores Miriam Regina Nunes.

Deixe seu comentário