08/12/2019

Morreu no sábado (07) a manicure Sirlene do Rocio Puchalski, de 38 anos. Ela estava internada no Hospital Evangélico Mackenzie desde 11 de agosto, quando o seu marido teria colocado fogo no seu corpo, em Campo Largo, na Região Metropoliitana de Curitiba.

Sirlene teve 45% do corpo queimado. O sepultamento está marcado para o domingo (8) no Cemitério Municipal de Campo Largo.

Na mesma noite do crime, a Guarda Municipal de Campo Largo encontrou o suspeito, C.C.S, em frente ao Centro Médico, com queimaduras nos braços e nas mãos. Ele chegou a ser internado para tratamento, teve alta e está preso. A Delegacia de Campo Largo abriu inquérito foi aberto para apurar as circunstâncias do crime e quem iniciou o fogo.

Fonte – Bem Paraná/Blog Plantão de Polícia

 

Deixe seu comentário