06/07/2020

Francisco Custódio de França, de 27 anos, Ameliane dos Santos Vieira Alves, de 28 anos, Laueurtilha Aires Machado, de 31 anos, e Viviane de Andrade Silveira, de 37 anos, são vítimas do acidente na madrugada de domingo (5), na BR 376 entre Mandaguari e Marialva.

Faleceram o motorista de um GM Kadett que colidiu frontalmente com o coletivo e três mulheres que estavam no carro junto com ele.

O Instituto Médico Legal (IML) de Maringá confirmou que faleceu na madrugada desta segunda-feira (6), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário (HU), Francisco Custódio de França, de 27 anos, condutor de um GM Kadett com placas da cidade de Sarandi que colidiu frontalmente com um ônibus turismo de São Paulo, ocupado por 20 passageiros, que nada sofreram, assim como o motorista do coletivo.

O acidente aconteceu na madrugada de domingo (5), km 197,8 da BR 376, entre Mandaguari e Marialva.

Três mulheres que também estavam no GM Kadett morreram no local da ocorrência de trânsito e os corpos ficaram presos nas ferragens do carro, sendo necessário o desencarceramento.

Elas foram identificadas no Instituto Médico Legal de Maringá, com o auxílio do Instituto de Identificação da Polícia Civil do Paraná (PCPR).

As três mulheres que morreram no acidente são Ameliane dos Santos Vieira Alves, de 28 anos, Laueurtilha Aires Machado, de 31 anos, e Viviane de Andrade Silveira, de 37 anos. Segundo informações, duas das vítimas moravam em Sarandi e a terceira (Ameliane), em Paiçandu.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou boletim de ocorrência relativo ao acidente com quatro vítimas fatais e vai encaminhá-lo à Polícia Judiciária (Polícia Civil) para os procedimentos legais.

Deixe seu comentário