O grupo de jovens estava reunido em uma confraternização, realizada na sacada de um sobrado, em Curitiba — Foto: RPC/Reprodução

05/10/2021

Hospital confirmou a morte da mulher na manhã desta segunda (4). Caso ocorreu no sábado (2); dois homens também morreram.

Uma mulher vítima de uma explosão de churrasqueira no bairro Ganchinho, em Curitiba, no sábado (2), teve a morte confirmada pelo Hospital Evangélico Mackeinze na manhã desta segunda-feira (4). Ela, que tinha 20 anos, está sendo velada no Cemitério Vertical de Curitiba.

Segundo o hospital, ainda há um homem de 28 anos internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Outra pessoa recebeu alta. No domingo (3), o hospital já tinha confirmado as mortes de dois rapazes de 26 anos.

De acordo com o Resgate Voluntário Parceiros da Vida, que prestou atendimento às vítimas, moradores contaram que um galão com gasolina foi usado na churrasqueira, causando a explosão.

O Corpo de Bombeiros informou que ainda não é possível ter certeza do tipo de combustível utilizado.

O grupo de jovens estava reunido em uma confraternização, realizada na sacada de um sobrado. Parte das vítimas chegou a ter 90% do corpo queimado, segundo o hospital. Fonte: Marcela Carvalho, RPC Curitiba e G1 PR

Deixe seu comentário