13/03/2021

Foram identificados no Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana os dois suspeitos que morreram durante confronto com a Polícia Militar (PM) de Arapongas, entre o Posto Malaquias e a Churrascaria Herança, na PR-444 (Rodovia Hermínio Pennacchi).

Os mortos são Maurício Leão da Silva, o “Piu”, de 41 anos, e Flávio Camilo de Carvalho, o “Paulista”, de 32 anos. Ambos já tinham passagem pela Polícia e atualmente residiam em Arapongas.

Segundo informações, uma equipe da PM fazia patrulhamento na região do Parque Industrial quando se deparou com um automóvel Fiat Linea ocupado por dois homens, sendo que contra o passageiro do carro tinha três mandados de prisão em seu desfavor.

A PM tentou uma abordagem, porém, o condutor fugiu em alta velocidade pela PR-444. Quando os policiais se aproximaram do carro dos suspeitos, perceberam que o condutor estava armado e em seguida ocorreu o confronto.

Quando o veículo Fiat Linea parou no canteiro central da PR-444, o motorista já estava morto. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e prestou socorro ao passageiro, mas ele não resistiu e faleceu pouco depois no hospital Honpar.

Ainda conforme informações, o motorista do automóvel seria integrante da facção criminosa PCC e possuía extensa ficha criminal. O Instituto de Criminalística apreendeu uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38 que estavam com os criminosos.

Deixe seu comentário