20/10/2020

O tempo chuvoso não impediu que um grande número de motociclistas acompanhasse o cortejo fúnebre iniciado na Capela Mortuária Central de Apucarana e fizesse uma concentração com buzinaço, na noite desta segunda-feira (19), em frente ao Cemitério Cristo Rei para prestar a última homenagem e dar ‘adeus’ antes do sepultamento do corpo de Harryson Camilo dos Santos, de 31 anos, ocorrido por volta das 20h30.

Harryson morreu em acidente de trânsito envolvendo motocicleta às 22h51 de domingo (18), no cruzamento da rua Kishitaro Kayukawa com a Rua Otávio Mareze, no Jardim Europa. Ele era chamado carinhosamente de “Neguinho” por pessoas mais próximas e muito conhecido e querido no Jardim Menegazzo, onde residia com a família.

Segundo a Polícia Militar (PM), Harryson trafegava com sua moto quando o veículo ficou desgovernado e se chocou contra o muro de uma residência. Uma equipe do Samu esteve no local e constatou o óbito, bem como equipes da PM, Polícia Civil e do IML para os procedimentos de praxe nesse tipo de situação.

COMOÇÃO
A morte precoce de Harryson Camilo dos Santos causou grande comoção e amigos manifestaram pesar em redes sociais e grupos de WhatsApp. “Muito triste, rapaz do bem, não tinha tristeza. Que Deus o tenha”, disse um amigo do apucaranense em mensagem no WhatsApp.

Deixe seu comentário