22/08/2019

Sertanejo, que morreu em 2015, está enterrado em Americana, no interior de São Paulo. A mulher foi presa em flagrante.

Uma mulher foi flagrada depredando o túmulo do cantor José Rico, que morreu em 2015 e está enterrado em Americana, no interior de São Paulo. Ela ainda disse aos policiais que era parente dele, o que foi desmentido pelos familiares do cantor.

Funcionários viram a mulher mexendo na sepultura do cantor e acionaram a Guarda Municipal. Segundo os agentes que atenderam a ocorrência, é normal chamados que envolvam furtos de peças de cobres, mas depredação seria a primeira vez.

A suspeita foi detida e levada para a delegacia. Ainda não se sabe a a motivação para o crime.

Fonte: R7

6 COMENTÁRIOS

  1. Louca !!! Vadia !!! Essa mulher é louca , só pode tá sob efeito de entorpecente pra fazer uma loucura dessas. Estou revoltada ,pois Zé Rico foi e sempre será um dos maiores cantores da música sertaneja no Brasil.
    Cadeia pra essa maluca .
    E que fique lá por muitíssimo tempo.

Deixe uma resposta