16/07/2021

O vereador Lucas Ortiz Leugi, da Câmara Municipal de Apucarana, concedeu entrevista ao repórter Márcio Silvestre, do Canal 38, durante a qual voltou a fazer cobranças à empresa ferroviária Rumo sobre a construção de uma passarela ou passagem subterrânea no final da Rua Oswaldo Cruz, possibilitando acesso à Vila Apucaraninha, projeto esse que não sai do papel há muito tempo.

“Um processo de 2010, março 2010, que versa sobre uma passagem ali na região da Vila Apucaraninha, que já teve sentença, enfim, já teve decisão judicial, o juiz já decidiu que é obrigação da prefeitura fazer. Porém, todas as vezes que se intima a prefeitura, ela protela; não sei porquê que a população daquela região tanto sofre com a omissão do Executivo, principalmente na questão daquela passagem da linha férrea. Pior ainda é saber que depois de tanta espera o intuito do município, apesar de nem licitar ainda o projeto para a obra, que foi a resposta que deu para o juiz, mesmo assim não fizeram a licitação ainda, nem abriram a licitação. É de uma passarela em estrutura metálica; nossa população merece mais, porque já espera há tanto tempo ali precisa de uma passagem tanto para pedestres quanto para veículos naquela região da Vila Apucaraninha, da Fraternidade, do Pôr do Sol, pois aquela região é no centro da cidade, o que difere é a linha férrea, então para a modernização da mobilidade urbana que tanto se fala, que no município de Apucarana modernização muitas vezes para eles é rotatória, mais modernização de fato é fazer a interligação bem feita, interligação que une, que não isola, porque passou da hora de ter uma solução.

Então nós precisamos de medidas efetivas, não podemos enganar a população, contar mentiras para população, falar aquilo que não se pode cumprir, enfim o papel nosso aqui da Câmara é justamente alinhar essas ideias da população e levar como sugestão ou crítica para o Executivo Municipal. É com muita tristeza porque aquela região sempre confiou no grupo político que está aí, confiou no Beto Preto, confiou no Júnior e agora deve ter uma contrapartida disso e não enganar, não querer ludibriar a população”, disse Lucas Leugi. Veja a entrevista de Lucas Leugi em vídeo.

Deixe seu comentário