20/05/2020

Há 237 municípios paranaenses em epidemia, incluindo Apucarana e outras cidades da região.

As mortes causadas pela dengue no Paraná aumentaram para 139 desde agosto do ano passado, conforme o boletim semanal da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgado na terça-feira (19). A Sesa relata ainda mais sete confirmações de óbitos causados pela da doença. As novas mortes aconteceram entre fevereiro e abril deste ano, conforme a secretaria.

Os óbitos confirmados na terça-feira foram de idosos. Veja abaixo:

Cambará: um homem de 72 anos (cardiopata) e outro de 77 anos (hipertenso)
Paiçandu: um homem de 79 anos (hipertenso e diabético)
Bandeirantes: um homem de 85 anos (sem doenças associadas)
Alto Piquiri: uma mulher de 88 anos (hipertensa)
Marialva: um homem de 92 anos (cardiopata, diabético e hipertenso)
Astorga: um homem de 92 anos (sem doenças associadas)
No acumulado do período de agosto do ano passado até 18 de maio, o Paraná registra 180.340 casos confirmados de dengue, 12.633 a mais que a publicação anterior, na terça-feira (12).

Há 180.340 casos confirmados da doença em 237 municípios paranaenses em epidemia, incluindo Apucarana e outras cidades da região.”Dengue mata. Mude sua atitude. Não faça parte desses número.Ajude a eliminar os criadouros do mosquito”, diz banner da Sesa divulgado para ajudar a combater a doença.

Deixe uma resposta