Geraldo Bubniak/AEN

09/07/2021

O número alcançado nesta sexta-feira (9) representa 13% de toda a população paranaense, estimada em 11,5 milhões, e 17,2% da fatia dos vacináveis, habitantes com 18 anos ou mais, formada por 8.736.014 pessoas.

O Paraná tem mais de 1,5 milhão de pessoas completamente imunizadas contra a Covid-19. O número alcançado nesta sexta-feira (9) representa 13% de toda a população paranaense, estimada em 11,5 milhões pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e 17,2% quando considerada apenas a fatia dos vacináveis, habitantes com 18 anos ou mais, formada por 8.736.014 pessoas.

O quantitativo contempla quem recebeu as duas doses das vacinas (CoronaVac/Butantan, Pfizer/BioNTech e AstraZeneca/Fiocruz) ou a dose única no caso da Janssen. O quadro avança conforme o intervalo solicitado pelos fabricantes e incluído no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 (PNO).

De acordo com o Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), são exatamente 1.525.194 paranaenses com o esquema vacinal completo, aproximadamente 6% do total do País (25,4 milhões). Curitiba, com 282 mil processos finalizados, lidera o ranking da imunização em números absolutos.

“A segunda dose é estratégica, ela aumenta a proteção contra a Covid-19. E ainda estamos com mais vacinas que requerem duas doses. Por isso, é importante tomar a dose de reforço na data correta. Quem não completa o esquema vacinal está mais sujeito à infecção problemática em comparação com pessoas que recebem as duas doses”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Os que já tomaram as duas doses pertencem a grupos prioritários: profissionais da saúde, idosos, indígenas, gestantes, forças de segurança e salvamento e quilombolas. Já a dose única foi aplicada, além da população em geral de 18 a 59 anos, em trabalhadores do transporte coletivo e do transporte ferroviário, caminhoneiros e profissionais da saúde.

META – O Governo do Estado estabeleceu como meta imunizar 80%, ao menos com a primeira dose ou dosagem única, até o fim de agosto, e 100% deste grupo até o fim de setembro. Atualmente, cerca de 4,8 milhões de paranaenses, segundo o painel do SUS, estão nesta condição. Ou seja, 55% da parcela adulta da população.

Alguns municípios, inclusive, já atingiram esse objetivo. Segundo levantamento da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), três em cada quatro cidades paranaenses estão vacinando a população da faixa dos 40 anos contra a Covid-19.

Números que vão ganhar um impulso importante nos próximos dias. O Paraná começou a distribuir também nesta sexta mais 197.060 vacinas contra o coronavírus. São 173.160 doses do imunizante produzido pela Pfizer/BioNTech e outras 23.900 da CoronaVac, da parceria Butantan/Sinovac, que darão continuidade à vacinação da população geral. Da CoronaVac, outras 23.900 doses foram separadas para a segunda dose por causa do prazo de aplicação (três semanas).

Até agora, o Paraná aplicou um total de 6.311.693 doses de quatro diferentes imunizantes: AstraZeneca (47,7%), CoronaVac (38,5%), Pfizer (11,5%) e Janssen (2,3%).

MUNICÍPIOS – Ainda de acordo com o portal, os municípios que mais vacinaram com a segunda dose ou dosagem única em números absolutos foram Curitiba, com 282.876 aplicações, seguida por Londrina (89.688), Maringá (81.181), Cascavel (48.573), Ponta Grossa (37.760) e São José dos Pinhais (36.900).

No Ranking da Vacinação, que faz o comparativo com a população, Diamante do Norte, São Jorge D’Oeste, Nova Laranjeiras, Maringá, Miraselva, Terra Roxa e Capanema lideram a imunização completa de duas doses. A dose única chegou a 5,5% da população de Diamante do Norte, 4,24% de Guairaçá e 4,19% de Jardim Olinda.

Deixe seu comentário