30/03/2021

Relatório de ocorrências do 10º BPM divulgado nesta terça-feira (30) mostra que policiais militares da 2ª Companhia, sob o comando do tenente Thiago Mendes, realizaram uma operação, das 17 horas às 23h30 de segunda-feira (29), no Conjunto Mutirão e diversos bairros do município de Marilândia do Sul, durante a qual foram apreendidos um automóvel, uma motocicleta e uma espingarda calibre 40.

De acordo com boletim de ocorrência, policiais militares fizeram operação por vários bairros e na área central, com abordagens e pontos de bloqueio com o intuito de inibir possíveis atos criminosos. Foram abordados diversos veículos e pessoas. Durante uma tentativa de abordagem a uma motocicleta que vinha fazendo manobras perigosas na via, empinando próximo a transeuntes e crianças que andavam de bicicleta, o condutor da moto” desrespeitou todas as ordens de abordagem da equipe. Foi iniciado um acompanhamento tático, com o uso de sirene e giroflex, assim como mostram alguns vídeos já espalhados em vários grupos de whatsapp de Marilândia do Sul, onde o mesmo não acatava as ordens de parada, furando todos os cruzamentos, andando na contramão de direção, com o objetivo de despistar a equipe policial, quase atropelando uma criança.

Já na Rua Paraná, em um determinado momento o motociclista entrou em uma rua sem saída, descendo em uma pequena viela que apenas dava acesso para motos e pedestres passarem, e não foi possível mais a PM alcançá-lo. Posterior a todo este ocorrido chegaram anonimamente até a equipe da PM algumas informações que após conseguir despistar a equipe policial, o condutor da moto teria se evadido para o município de Rio Bom.

Os policiais militares continuaram a fazer as abordagens e bloqueios, sendo que foi apreendido um veículo Renault Nevada por ter pendências administrativas. Foi também realizada a apreensão de uma motocicleta Honda Titan 150 com pendências administrativas. E durante a ação da equipe policial foi realizada ainda a apreensão de uma espingarda calibre 40. A moto e o carro foram levados para o pátio do destacamento da PM em Marilândia do Sul e a arma de fogo à Delegacia da Polícia Civil para os procedimentos legais.

Deixe seu comentário