20/11/2021

Policiais militares de Apucarana localizaram e apreenderam, neste sábado (20), 26 comprimidos ecstasy que estavam debaixo do pneu estepe de um veículo GM Corsa.

O carro foi achado abandonado em uma estrada rural nas imediações do Parque da Raposa, próximo a uma unidade da Sanepar. Posteriormente o dono do automóvel foi localizado em um posto de combustível na Avenida Minas Gerais e acabou conduzido à 17ª Subdivisão (SDP), para onde também foi levado o ecstasy apreendido. O proprietário do carro alegou que o mesmo teria sido furtado, mas não havia boletim de ocorrência registrado sobre tal furto. O tenente Ricardo, que neste sábado (20) estava no Comando do Policiamento Urbano (CPU), falou ao repórter Lucas Leal, do Canal 38, sobre a situação.

“Na parte da manhã a Polícia Militar recebeu várias denúncias de que havia um veículo abandonado em via pública nas imediações do Parque da Raposa. A PM foi para o local e constatou que o automóvel não estava com alerta de furto e em diligências os policiais militares encontraram debaixo do pneu estepe do veículo 26 comprimidos da substância entorpecente conhecida por ecstasy. Isso levantou suspeita das equipes e então entramos em contato com a proprietária desse veículo (a pessoa em nome da qual está o automóvel). Ela relatou que já havia vendido esse veículo há seis meses.

Mas logo na sequência a pessoa para quem a mulher havia vendido o carro entrou em contato com ela pedindo para que a mesma fosse reaver o GM Corsa na 17ª SDP que ainda estava no nome dela. A equipe CPU prestou apoio para senhora se deslocar até o onde estava o cidadão estava para apanhar as chaves GM Corsa e também averiguar o que que estava acontecendo no que diz respeito a substância entorpecente dentro do veículo. Então, conseguimos ter êxito em abordar este cidadão em um posto na Avenida Minas Gerais. Diante dos fatos, a gente encaminhou o cidadão até a Delegacia, juntamente com a substância entorpecente apreendida e o veículo para as providências necessárias.

O cidadão alegou que saiu para uma festa durante a madrugada e que o carro havia sido furtado, só que até aquele momento as equipes que localizaram tal automóvel não tinham constatado alerta de furto junto à Delegacia. A todo momento ele alegou que a droga apreendida não é de sua propriedade, mas o elemento foi encaminhado para a Delegacia. A PM apresentou a situação na 17ª SDP como preso em flagrante e o conduzido foi enquadrado por porte de substância entorpecente para o consumo pessoal”, disse o tenente Ricardo.

Deixe seu comentário