09/09/2020

Após denúncias anônimas da população e trabalho policial conjunto, dois suspeitos de assaltar a Loja Bahia (celulares e acessórios), situada na Rua Rio Branco, próximo ao Doidão, na área central de Apucarana, por volta das 10h30 desta quarta-feira (9), foram detidos nesta tarde por equipes do Comando do Policiamento Urbano (CPU), Rocam e Serviço Reservado de Inteligência (P2) do 10º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

Os elementos foram presos em uma casa na Rua Belize, no Conjunto Vale Verde. Um dos detidos é um adolescente de 15 anos, que assumiu participação no assalto. Outros dois homens, de 34 e 37 anos, foram presos no mesmo local – um porque estava com droga (tráfico) e outro porque tentou interferir no trabalho da PM (desacato e desobediência). Os dois detidos já usavam tornozeleiras eletrônicas.

Segundo informações, no momento do roubo os dois ladrões estavam armados, um deles de blusa preta e o outro vermelha e chegaram de motocicleta no estabelecimento. Os marginais renderam as vítimas e roubaram 10 celulares de alto valor. Um dos assaltantes aparentava ser menor e o outro maior de idade. Para PM relatou que o menor já confessou participação no roubo.

O sargento Almir, do CPU, falou sobre as prisões. “Chegou a denúncia sobre o paradeiro dos assaltantes e logo após o roubo corremos atrás de mais informações (P2, Rádio Patrulha e Rocam), imagens de câmeras de segurança e localizamos primeiro um menor suspeito de participar dos assalto, que assumiu sua participação. A gente não conseguiu localizar os telefones nem a arma e um homem que está sendo monitorado com tornozeleira tentou interferir na abordagem e acabou preso; outro suspeito foi preso por tráfico e o quarto homem detido também é suspeito de participar do roubo. Todos moram na mesma rua e o trabalho conjunto da PM, com a ajuda de denúncia anônima da população, resultou nas prisões. A moto que foi usada no roubo acabou localizada e apreendida”, disse o sargento Almir.

 

Deixe seu comentário