30/06/2020

Segundo denúncias anônimas, o traficante, residente na Rua Dom Armando Lombardi, na Vila Formosa, usava réplicas de arma de fogo para ameaçar e intimidar vizinhos.

Após denúncias anônimas dando conta que um traficante estaria ameaçando pessoas com uma submetralhadora e uma pistola na Rua Dom Armando Lombardi, na Vila Formosa, em Apucarana, policiais militares foram até o local, à 1h04 da madrugada desta terça-feira (30) e prenderam um homem de 30 anos.

Durante busca pessoal foi localizado com o mesmo um simulacro de pistola. Ao ser questionado se havia algo de ilícito no interior de sua residência, o homem respondeu que seria usuário de maconha e que tinha algumas porções da droga.
Durante revista na residência os policiais militares acharam 34 pedras de crack,  7 porções de maconha embaladas e prontas para a comercialização, uma réplica de pistola, dois rádios comunicadores com carregador e uma réplica de uma submetralhadora HK MP5.
O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado, junto com os entorpecentes e os simulacros de arma de fogo à 17ª Subdivisão Policial (SDP)  para os procedimentos legais.

A pena para os condenados pelo crime de tráfico de drogas varia de cinco a 15 anos de prisão.

1 COMENTÁRIO

  1. Este cidadão alguns dias atrás apareceu em um vídeo aqui no canal denunciando a Guarda Municipal e dizendo ser um “coitado” com problemas mentais que era somente usuário de maconha, difamou a GM e a segurança pública da cidade dizendo que bateram nele, e que só sabem correr atrás de doente, que não pegam bandido grande! pois bem, apenas alguns dias depois caiu preso com 7 porções de maconha, 37 pedras de crack, 2 rádios comunicadores na frequência da polícia, e réplicas de pistolas na qual usava para ameaçar vizinhos e usuários, sem falar nas diversas passagens por tráfico que ele já tem…. Parece que de problema mental ele não tem nada! Pensar que um “Cidadão” desses as vezes pode prejudicar um pai de família em exercício da função…

Deixe uma resposta