21/11/2021

Todos os boletins de ocorrências e termos circunstanciados foram lavrados através de dispositivo móvel (mobile), agilizando o atendimento e liberando as viatura mais rápido para o atendimento de outras ocorrências.

A Polícia Militar (PM), em conjunto com a Guarda Municipal (GM), Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente, Vigilância Sanitária (VS) e o Corpo de Bombeiros de Apucarana realizaram na noite de sábado (20) e madrugada de domingo (21) uma Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) nos distritos de Vila Reis, Pirapó e Caixa de São Pedro, além do Jardim Colonial e Parque Bela Vista.

De acordo com a PM, durante a AIFU foram abordadas 367 pessoas, vistoriados 8 estabelecimentos comerciais, apreendidos 3 pedras de crack e 1 pino de cocaína, lavrados 11 Boletins de Ocorrências Unificados (BOUs) e 4 Termos Circunstanciados de Infrações Penais (TCIPs), e o Conselho Tutelar prestou 12 atendimentos.

O tenente Thiago Mendes, comandante da 2ª Companhia da PM de Jandaia do Sul, participou da AIFU em Apucarana. O oficial relatou que durante operação, todos os boletins de ocorrências e termos circunstanciados foram lavrados através de dispositivo móvel (mobile), em conjunto com o efetivo do Estado Maior da PMPR, pertencentes à PM 3, cujos integrantes estão em Apucarana para repassar ao efetivo do 10º BPM instruções para que a partir de 1º de dezembro em todo o atendimento de ocorrência seja utilizado o mobile para lavratura de boletim de ocorrência e termo circunstanciado.

“Com o mobile o Termo Circunstanciado é lavrado no local do atendimento em menos de 5 minutos e a audiência com o Judiciário é marcada via sistema eletrônico. Isso diminui o tempo de atendimento da ocorrência, a população é atendida com mais rapidez e libera a viatura para o atendimento de outras ocorrências”, destacou o tenente Thiago Mendes, que nesta semana está atuando como supervisor no 10º BPM.

Deixe seu comentário