03/09/2021

Após receber denúncia dando conta que um homem estaria utilizando seu estabelecimento comercial na Avenida Carlópolis, no centro de Apucarana, para realizar a prática de tráfico de entorpecentes, policiais militares foram até o local, às 22h44 de quinta-feira (2), e prenderam um homem de 49 anos e outro de 43 anos.

No estabelecimento foram apreendidos cocaína, estimulantes sexuais e cigarros contrabandeados do Paraguai, além de uma quantia significativa em dinheiro.

Ao realizar patrulhamento próximo do local denunciado, a equipe da PM visualizou algumas pessoas no interior do estabelecimento, sendo possível ver o proprietário próximo ao caixa conversando com um elemento suspeito, sendo que ao visualizar a viatura, este adentrou correndo para o interior da cozinha do estabelecimento, no que foi acompanhado por dois policiais militares, sendo então dado voz de abordagem para todos que se encontravam no local. Em uma mesa na cozinha, próximo de onde um suspeito foi abordado, a equipe da PM localizou uma porção de cocaína, que estava acondicionada em uma sacola plástica pronta para a comercialização.

Ainda em revista no local, a equipe localizou um eppendorf com cocaína escondido na prateleira de copos do estabelecimento. Na gaveta do caixa foram localizadas 04 cartelas de comprimidos do tipo Tadalafil e Pramil (contrabandeados do Paraguai), medicamento o qual é proibido o uso e comercialização no Brasil, sendo que uma das cartelas continha apenas 5 comprimidos, pois os demais já haviam sido fracionados e provavelmente comercializados.

Foram localizadas também no local 05 caixas fechadas do cigarro Classic, 04 caixas fechadas do cigarro Eight, 01 caixa fechada do cigarro San Marino, 03 caixas fechadas do cigarro Vila Rica (todas as caixas contendo a quantia de 20 unidades) cigarros de fabricação paraguaia, sendo proibida a comercialização em território brasileiro. Foi localizada ainda uma balança de precisão com resquícios de um pó branco aparentando ser cocaína e apreendida a quantia de R$ 1.112,00 em dinheiro. Foi realizada revista pessoal nos demais frequentadores do local, a grande maioria conhecida no meio policial, sendo a maioria deles usuários de entorpecentes (cocaína).

Com uma dessas pessoas foi localizada dentro de sua carteira uma porção de cocaína, acondicionada em saco plástico. Devido aos fatos constatados, as denúncias e as evidências da realização de tráfico de drogas e venda de medicamentos e produtos proibidos no País, a equipe da PM deu voz de prisão a dois homens e eles foram levados à 17ª Subdivisão Policial (SDP) junto com tudo que foi apreendido no estabelecimento.

Deixe seu comentário