Imagem Ilustrativa

04/05/2021

Policiais militares de Apucarana prenderam um homem, às 19h35 de segunda-feira (3), na Rua Antonio Carlos, no Jardim Santos Dumont, por ato obsceno e importunação ofensiva ao pudor.

A pessoa que acionou a PM relatou que deu abrigo ao homem, que no momento estava desamparado, mas o mesmo usou drogas, ingeriu bebidas alcoólicas, ficou totalmente descontrolado e estava nu em frente à sua casa.

Policiais militares foram até o local e se depararam com o homem nu na calçada, mostrando seus órgãos genitais. A PM pediu que o mesmo se vestisse, mas o homem se recusou dizendo que “não colocaria roupa nenhuma e que ninguém faria ele colocar roupa”. Os policiais militares ainda argumentaram com ele que crianças estavam na rua, mas o “peladão” disse à equipe que “a criança que quisesse vir até ele, que viesse”.

A PM então decidiu abordar o homem, que desobedeceu a ordem, resistiu a prisão e passou a agredir os policiais com socos, chutes e empurrões, sendo necessário ser imobilizado.

O homem acabou preso e quando era colocado no camburão da viatura afirmou que quando saísse da prisão iria retornar à residência e matar a pessoa que solicitou a presença da PM no local. O solicitante acrescentou aos policiais militares que o homem estava pelado no meio da rua desde às 16 horas, quando começou a chamar a esposa do vizinho para fazer sexo com ele. O homem pelado foi levado à 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana para os procedimentos legais.

Imagem Arquivo

Deixe seu comentário