24/08/2021

É importante estar atento para não agendar ou solicitar a emissão da 1ª ou 2ª via do documento em sites não oficiais.

A Polícia Civil do Paraná alerta a população sobre sites falsos de agendamento para emissão de Carteira de Identidade. É importante estar atento para não agendar ou solicitar a emissão da 1ª ou 2ª via do documento em sites não oficiais. O agendamento deve ser exclusivamente pelo SITE da PCPR.

As fraudes acontecem através de sites, que dizem atuar como uma espécie de “despachante virtual”, que prometem facilidades para agendar serviços públicos sob cobrança de uma taxa. Entretanto, ao chegar a um posto de identificação, na data supostamente agendada, não existe nenhum horário marcado. Vale ressaltar que estes sites não possuem nenhuma ligação com a PCPR. Segundo o delegado Marcus Michelotto, diretor do Instituto de Identificação do Paraná, casos assim já estão sob investigação.

Por não ser um site oficial, os dados que serão colocados lá, como número de CPF, nome e endereço não estão seguros, assim a pessoa pode ter seus dados utilizados em outros tipos de golpes.

Para não cair em golpes, fique atento a alguns detalhes: Ao fazer a pesquisa nos sites de busca, procure o site oficial da Polícia Civil do Paraná (www.policiacivil.pr.gov.br/) ou do IIPR (www.institutodeidentificacao.pr.gov.br/). Não confie em qualquer outro site que prometa fazer o agendamento para emissão da 1ª ou 2ª via do documento.

Sites oficiais do Governo do Paraná apresentam na URL a terminação PR.GOV.BR. Portanto, para ter certeza se o site é oficial, verifique a terminação no final do URL.

Terminações .COM, .NET e .ORG. são de sites comerciais, e no caso do .ORG, é uma terminação para utilização sem restrições, mas é mais utilizado pelas organizações não governamentais.

Preste atenção aos valores. A PCPR informa que para agendamentos não são cobradas taxas. Entretanto, para a emissão da segunda via o valor das guias emitidas pelo site oficial são:  R$ 38,30 para emissão da 2ª via e para a emissão da 1ª via não há cobrança de taxa;

Por fim, deve-se estar atento às informações das guias. As emitidas em nome do Estado do Paraná são destinadas ao Funesp (Fundo Especial de Segurança Pública). Já os boletos emitidos em sites não oficiais, normalmente, têm como beneficiários órgãos bancários ou de vendas na internet. F

Deixe seu comentário