Foto: Canal 38

23/05/2022

Policiais civis da 17ª SDP de Apucarana cumpriram mais um mandado de prisão na tarde desta segunda-feira (23) e prenderam um homem na cidade de Cambira acusado de incendiar a residência e o carro da ex-mulher. Ele foi trazido à Delegacia de Apucarana para os procedimentos legais.

Segundo informações, o homem preso nesta segunda-feira (23) em decorrência de mandado de prisão  usou querosene para atear fogo no automóvel GM Celta da ex-companheira e também quebrou uma janela da casa da mesma e colocou fogo num sofá na manhã de 14 de outubro de 2021. 

As chamas se espalharam pela moradia e destruíram o carro, mas ninguém ficou ferido. Conforme informações, o detido por incêndio criminoso estaria querendo matar o atual convivente de sua ex-amásia para se vingar da ex-mulher, de quem está separado desde 2013.

Na oportunidade ele foi preso por policiais militares do destacamento de Cambira. Sem qualquer tipo de coação, o elemento confessou os crimes, relatando primeiramente que havia quebrado o para-brisa do veículo e posteriormente ateou fogo no carro e na residência utilizando-se de um querosene, que já tinha em sua casa. Primeiramente ele ateou fogo no veículo e posteriormente, abrindo a janela da casa, colocou fogo no sofá da ex-companheira. 

Ele confessou também que fez isso por motivação passional a fim de matar o convivente da vítima, pois esperava que o mesmo estivesse na residência para atear fogo em seu corpo, conforme boletim de ocorrência. Depois de um certo tempo o homem foi colocado em liberdade, mas agora o indivíduo teve a prisão decretada pelo Judiciário e voltou para a Cadeia.

Foto: Canal 38

Deixe seu comentário