24/11/2021

O ato de importunação sexual protagonizado pelo detido no centro de Apucarana foi gravado por uma câmera de segurança e a notícia, bem como as imagens, após postagem  pelo Canal 38 ganharam repercussão nacional e viralizaram na internet.

Os policiais civis Marcão, Denílson e Sérgio, da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana cumpriram mandado de prisão na tarde desta quarta-feira (24) e prenderam Marcos Correia Lourenço, de 41 anos, que teve a prisão decretada pelo Judiciário por importunação sexual.

Ele já havia sido preso por policiais militares às 12h01 de segunda-feira (22) por importunação sexual, após passar a mão nas nádegas em uma moça que trabalhava junto com uma colega na promoção de evento na Praça Interventor Manoel Ribas, no centro de Apucarana

Ele ainda tentou despistar os policiais entrando em uma sorveteria. Na oportunidade o elemento foi levado à 17ª SDP para enquadramento legal e oitiva e acabou liberado. Mas nesta quarta-feira (24) voltou para a Cadeia por conta de mandado de prisão expedido pelo Judiciário.

O ato de importunação sexual protagonizado pelo detido no centro de Apucarana foi gravado por uma câmera de segurança e a notícia, bem como as imagens, ganharam repercussão nacional e viralizaram na internet.

 

Deixe seu comentário