16/09/2020

O delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana, Marcus Felipe da Rocha Rodrigues, confirmou nesta quarta-feira (16) que por conta de um trabalho realizado pelo investigador Marcos, da Seção de Furtos e Roubos, foi cumprido um mandado de busca e apreensão e recuperada uma caminhonete Toyota Hilux ano 2010, de cor prata, que um estelionatário de Apucarana obteve de forma ilícita após ludibriar uma mulher da cidade de Cianorte por meio de uma “compra” (golpe) pelo WhatsApp OLX.

O criminoso ainda não foi localizado, mas é investigado. Segundo o doutor Marcus, o golpista de Apucarana comprou a caminhonete da mulher, transferiu a documentação, mas no final não pagou pelo veículo, em um tipo de estelionato que está cada vez mais frequente. “O investigador Marcos realizou um bom trabalho, localizou a caminhonete Hilux obtida de forma ilícita estacionada na Rua São Paulo e como ninguém aparecia para buscá-la, providenciamos que o veículo fosse guinchado até a 17ª SDP. E hoje um Oficial de Justiça fez o encaminhamento da Hilux para um depósito”, afirmou o delegado-chefe da 17ª SDP.

Confira algumas dicas para não cair no golpe do WhatsApp:
Desconfie de pessoas que entram em contato com você afirmando que são representantes da OLX, principalmente se forem feitas solicitações como pagamentos, envio de produtos, senhas, códigos de validação ou documentos pessoais. A OLX não faz esse tipo de abordagem;

A OLX não solicita informações, que permitam acesso à sua conta, via chat, telefone, SMS, WhatsApp e redes sociais;Nunca compartilhe o código de verificação do seu WhatsApp ou outras validações de segurança que chegam em seu celular;

O WhatsApp recomenda ativar a verificação de duas etapas para prevenir esse tipo de abuso: https://faq.whatsapp.com/en/26000244/?category=5245246&lang=pt_pt

Deixe seu comentário