11/07/2020

Cento e dez policiais militares e civis estiveram envolvidos na operação. Os cães policiais Kiron e Raio, e um helicóptero da Polícia Civil deram apoio na ação.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu 11 pessoas, preventivamente, e cumpriu 24 mandados de busca e apreensão na operação “Escritório do Crime”, realizada na sexta-feira (10), na região Norte do estado. O objetivo da operação é reprimir o crime organizado para o tráfico de drogas na região.

Cento e dez policiais militares e civis estiveram envolvidos na operação. Os cães policiais Kiron e Raio, e um helicóptero da Polícia Civil deram apoio à operação. Os 11 mandados de prisão e os mandados de busca foram cumpridos nas cidades de Mandaguaçu, Maringá e Sarandi. Entre os presos estão nove homens e duas mulheres.

Cinco dos suspeitos presos ainda foram autuados em flagrante por crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e de munição. Os policiais apreenderam duas armas de fogo calibre 38, munições de calibre 38, 200 gramas de crack, 25 gramas de cocaína e porções de maconha durante a operação. No período de investigação, a Polícia Civil já havia apreendido duas motocicletas Honda Bis, um veículo Spacefox, R$ 5 mil em dinheiro, um quilo de cocaína, um quilo de crack e bloqueado uma conta bancária.

Dois adolescentes e um homem, que não era alvo da operação, foram apreendidos por tráfico de drogas. Três pessoas continuam foragidas.

ESCRITÓRIO DO CRIME – A Polícia Civil investiga há três meses quatro organizações criminosas atuantes na região. A maior delas tem como chefe um suspeito que já está preso no sistema prisional, em Maringá, por tráfico de drogas. Com a ajuda de familiares, esse suspeito formou uma organização que trafica “por atacado” a outras organizações criminosas, que atuam no “tráfico de varejo”. As informações são do site da SESP-PR.

Deixe seu comentário