26/03/2020

A Polícia Civil de Faxinal confirmou, na tarde desta quarta-feira (25), que encaminhou o proprietário de uma farmácia da cidade e a farmacêutica responsável pelo estabelecimento comercial à 53ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) após denúncia dando conta que no local o álcool gel estaria sendo vendido a preço exorbitante.

De acordo com o delegado de Faxinal, doutor Ricardo Mendes, o estabelecimento comercial estava comercializando álcool em gel 70% a um preço considerado exorbitante pelos denunciantes, em tempos de pandemia do Convid-19, quando o produto está escasso no mercado.

Segundo as denúncias, o álcool, que tem o valor de mercado, em média, de R$ 9 reais era vendido na referida farmácia por R$29,99. Ao chegar no estabelecimento, os investigadores Leite e Rodrigo encontraram os frascos do produto fabricado em Assis-SP nas prateleiras. Conforme o delegado Ricardo, foram apreendidos e levados à 53ª DRP 70 frascos de álcool gel que estavam na farmácia.

“Ao ser indagado o proprietário do estabelecimento sobre a nota fiscal de compra e também o porque da não emissão da nota fiscal ao consumidor, ele não soube responder, motivo pelo qual o mesmo foi levado juntamente com a farmacêutica à Delegacia de Faxinal, onde as devidas providências foram tomadas em relação ao crime contra a economia popular e ao consumidor”, afirmou o delegado Ricardo Mendes.

Apesar das evidências, o dono da farmácia e a farmacêutica responsável pelo estabelecimento negaram a prática de qualquer tipo de crime, segundo a Polícia Civil.

Veja mais na programação jornalística do Canal 38

Deixe uma resposta