26/03/2020

Policiais militares da Rádio Patrulha (RPA), Rondas Táticas Móveis (Rotam) e do Serviço Reservado de Inteligência (P2) fizeram a apreensão de uma carga de agrotóxicos, às 17 horas de quarta-feira (25), em uma casa situada na Rua Rafael Sorpile, no Conjunto Dom Romeu Alberti, em Apucarana.

De acordo com o Copom do 10º BPM, uma equipe da corporação recebeu denúncia dando conta que em uma determinada residência da Rua Rafael Sorpile havia sido descarregada uma carga de agrotóxicos durante a madrugada.

Policiais militares foram até o local e fizeram contato com um homem que estava na moradia, questionando o mesmo se havia algo de ilícito na residência. O homem negou a existência de qualquer produto ilícito no imóvel e permitiu que as equipes policias fizessem a verificação, conforme autorização de busca domiciliar assinada pelo homem.

Segundo a PM, em um pequeno cômodo no fundo da residência foram encontrados diversas caixas e galões de agrotóxicos, que totalizou 295 litros, sendo da marca Master Equaliza 24 galões de 5 litros, Cypress 400 EC 5 galões de 5 litros, Nutrol Max 02 galões de 5 litros, Elatus dois pacotes de 5 kg, Opera 16 galões de 5 litros, CLE Todim 03 galões de 5 litros, Fylloton um galão de 5 litros e Otimizaad 6 galões de 5 litros.

Policiais militares acrescentaram que também foi encontrado na moradia um pacote de pinos vazios (eppendorfs) com aproximadamente 1000 unidades. Em seguida foi acionada a equipe Canil do 10º BPM para realizar varredura no local com o cão Nino, porém mais nada de ilícito encontrado.

A PM questionou o homem sobre a localização dos agrotóxicos e o mesmo disse não sabia que os produtos estavam guardado no local encontrado, “pois no dia anterior não estavam ali”. Ele afirmou categoricamente que todos os produtos são de seu irmão e que desconfiava que o mesmo tem um tipo de conduta ilícita e que já é conhecido no meio policial, porém o mesmo não estava em casa naquele momento.

Diante dos fatos, os agrotóxicos acondicionados de forma irregular na residência acabaram apreendidos e encaminhados para 17ª SDP junto com homem que estava na casa. Ele foi conduzido até a Delegacia de Apucarana para ser ouvido como testemunhas, conforme observação em relatório de ocorrências da PM.

Veja mais na programação jornalística do Canal 38

Deixe uma resposta