21/09/2020

Um deficiente físico de 45 anos foi preso pela Polícia Civil nesta segunda-feira (21) em Godoy Moreira, no Vale do Ivaí, por armazenar material pornográfico infantil. A prisão ocorreu durante a operação “Proteção Integral”, deflagrada em todo Paraná.

De acordo com o delegado titular de Jandaia do Sul, São João do Ivaí e Godoy Moreira, Gustavo de Pinho Alves, o homem foi detido no sítio onde reside. Ele não é casado e não se locomove. O deficiente confessou que há quatro meses começou a procurar por pornografia infantil e gostou.

“Foram encontrado no computador dele diversos vídeos e fotos de crianças, material pornográfico. Ele confessou, relatou que teria visto cenas de criança e adolescente há aproximadamente quatro meses, que gostava de ver. Foi arbitrado uma fiança de R$1.050 reais, ele pagou e foi liberado, mas vai responder pelo crime de armazenar vídeos e fotos com conteúdo de pornografia infantil ,” afirma o doutor Gustavo de Pinho Alves.

Durante a terceira fase da operação “Proteção Integral”, contra pornografia infantojuvenil na internet, foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão em 16 municípios do Paraná e 151 policiais participam da ação, que foi a maior já registrada no Estado. Outro mandado de busca e apreensão da operação foi cumprido em Apucarana, onde um suspeito casado, de 47 anos, acabou preso no Conjunto Marcos Freire e encaminhado à 17ª SDP. Com ele foi localizado um farto material e o homem confessou que tinha ‘curiosidade’ em ver as cenas de pornografia infantil. Na região outros dois mandados foram cumpridos em Arapongas.

Deixe seu comentário