12/04/2020

Em razão do fato foram lavrados dois autos de infração, com valor total de R$ 4.000,00.

Um policial ambiental que retornava para sua residência, após sair de serviço neste sábado (11), em Apucarana, avistou um motociclista transportando um objeto coberto que parecia ser uma gaiola, bem como uma mochila. Diante da situação, foi dada voz de abordagem pelo policial, que se encontrava devidamente fardado, e com os cuidados e atenção necessárias para prevenção do COVID-19 foi realizada a revista e localizado 01 pássaro nativo da espécie coleirinha em uma gaiola que estava na garupa da motocicleta.

Também na mochila foi encontrado outra ave, esta da espécie trinca ferro, dentro de uma pequena gaiola. Ambos os pássaros não possuíam anilhas necessárias conforme a legislação ambiental preconiza.

Segundo o policial, os pássaros evidenciavam características de terem sido capturados a pouco tempo e devido ao estado bravio, apresentavam algumas escoriações.

Diante dos fatos foi solicitado apoio aos policiais do efetivo de serviço, os quais encaminharam o autor para os devidos procedimentos criminais e administrativos.

Foram lavrados dois autos de infração, com valor total de R$ 4.000,00. As aves serão encaminhadas para avaliação veterinária e possível soltura em seu habitat natural.

O condutor da motocicleta não possuía Carteira de Habilitação e por não haver débitos no veículo e em atenção a normativa CONTRAN-COVID, a mesma foi deixada em um estabelecimento comercial em frente ao local da abordagem, pertencente a um familiar do motociclista.

O boletim de ocorrência foi registrado pela Polícia Ambiental com a natureza de “Praticar Maus Tratos e Transportar Animais Silvestres Sem Autorização do Órgão Competente”.

Veja mais na programação jornalística do Canal 38.

Deixe seu comentário