15/01/2021

O repórter Márcio Silvestre, do Canal 38, foi às ruas de Apucarana, mais precisamente entre a Câmara Municipal e a Prefeitura para perguntar o seguinte: por que a Prefeitura de Apucarana e a administração municipal deram um “presente” à população do município logo no início do ano, aumentando o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em mais de 5%, sendo que em Arapongas o aumento foi um pouco mais de 3%, e o desconto para pagamento à vista de apenas 5%, sendo que em Arapongas é de 10%.

Silvestre frisou que a população de Apucarana reclama desse aumento, que ocorre em ano de pandemia.

“O pessoal da prefeitura diz que é apenas um reajuste e o pior de tudo para os apucaranenses: se quitar a vista eles terão um desconto de 5%, sendo que na cidade vizinha à nossa, em Arapongas, o desconto é de 10% (o dobro do desconto concedido em Apucarana). A população, os moradores perguntam o por que disso. Será que aqui em Apucarana não teria como abaixar este valor na pandemia, porque nós estamos mal em Apucarana, porque a Saúde não vai bem, poucas coisas funcionam como deveriam e é realmente isso: o povo bota a boca no trombone e reclama”, diz Márcio Silvestre na abertura da reportagem.

“É, esta fora de controle, né. Tinha que ser igual; se em um lugar foi um tanto porque aqui está acima do valor né? Tão passando a mão em alguma coisa aí, né. Aqui é um preço e em outra cidade está outro; tem que ser tudo igual; estão lesando as pessoas de Apucarana”, afirma Sidney, que reside em Apucarana

. Veja a matéria completa feita em vídeo pelo repórter Márcio Silvestre para o Canal 38.

Deixe seu comentário