Foto: Divulgação

06/08/2022

O  prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, acompanhado do secretário de Saúde, Moacir Paludetto Jr, e da secretária de Assistência Social (Semas), Ismailda Ferreira de Lima da Silva, recebeu a visita do vice-presidente do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Consepir) e representante da sociedade civil organizada, Alexandre Cezar, do conselheiro da Consepir e produtor artístico, Vagner Nogueira, da representante do Instituto do Movimento de Estudos da Cultura Afro-Brasileira ( IMECAB), Angela Maria de Souza e do presidente do Conselho Municipal da Promoção da Igualdade Racial (CMPIR) de Cambé, Marcos Aparecido Soares.

O grupo estava acompanhado da Dra. h. c. Ìyálòrísá Joilda Pereira de Jesus; fundadora e presidente das entidades Ilé Àse Ti Tóbi Ìyá Àfin Òsùn Alákétu e AIABA – Associação Interdisciplinar Afro-Brasileira e Africana de Arapongas. Em pauta, foi debatida a viabilidade da implantação do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial em Arapongas. “ Queremos ampliar este conselho para os municípios do interior do Paraná. O Consepir tem em sua finalidade promover a igualdade racial para combater a discriminação étnico-racial, reduzindo as desigualdades sociais, econômicas, políticas e culturais, atuando no monitoramento e fiscalização dessas políticas públicas setoriais, em atenção às previsões do Estatuto da Igualdade Racial, através de ações de Políticas Públicas Afirmativas. Aqui em Arapongas já temos uma forte representante deste movimento, a Dra. h. c. Ìyálòrísá Joilda Pereira de Jesus, e por isso, vemos grande potencial em fortalecer tais ações aqui no município”, explicou Alexandre Cezar.

O secretário da Saúde, Paludetto Jr, mencionou sobre os serviços promovidos por conselhos já existentes em Arapongas, e salientou a importância da implantação do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial. “ O município apoia, anualmente, o Encontro Municipal de Mobilização Nacional Pró-saúde da população negra – Vida longa com saúde e sem racismo de Arapongas – Paraná, promovidos pelas entidades representadas pela Dra. h. c. Ìyálòrísá Joilda Pereira de Jesus. E a vinda de um conselho neste sentido, dará ainda mais aporte à atenção e causas da Cultura Tradicional de Matriz Africana e Afro-brasileira”, disse.

Segundo Onofre, o município está à disposição para a regulamentar o novo conselho municipal. “ Vamos trabalhar neste sentido. Através das Secretarias de Saúde e Assistência Social daremos encaminhamento nessas demandas. O Consepir desenvolve importantes ações de políticas públicas afirmativas. E assim como em outros municípios, também queremos progredir neste sentido”, reforçou.

FORTALECIMENTO

Grande defensora e ativista da Cultura Tradicional de Matriz Africana e Afro-brasileira, a Dra. h. c. Ìyálòrísá Joilda Pereira de Jesus, também se mostrou entusiasmada com este novo passo. “ É importante que o município evolua neste sentido. Unindo esforços do poder público, entidades e sociedade civil. Propondo a adoção de mecanismos e instrumentos que assegurem a participação e o controle popular de políticas públicas de promoção da Igualdade Racial, por meio da elaboração de planos, programas, projetos, ações e etc”, mencionou. O também diretor-geral da 36ª Mostra Afro-brasileira Palmares, Vagner Nogueira, falou sobre as atividades que podem ser desenvolvidas por meio do Consepir. “ É possível desenvolvermos cursos de capacitação, Feira de Amostras e de Empreendedorismo, Fóruns, e diversas ações – promovendo arte, educação e cultura”, finalizou. Estiveram presentes durante a reunião os representantes do vereador, Levi Xavier.

Foto: Divulgação

Deixe seu comentário