12/07/2019

A Prefeitura de Apucarana, por meio da sua assessoria jurídica, esclarece que não está promovendo, nem apoiando o evento intitulado “Parada LGBT de Apucarana”. O Procurador Geral do Município, Paulo Sérgio Vital, explica que os promotores do evento protocolaram no Instituto de desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan), uma solicitação para a interdição de ruas e avenidas da área central da cidade.

“O pedido ainda será avaliado, em relação às vias reivindicadas, bem como o horário pretendido pelos promotores da referida parada”, explicou Vital, acrescentando que a Constituição Federal assegura o direito de manifestação a todos os cidadãos. Ainda segundo o procurador, a solicitação será objeto de pareceres dos setores legais da prefeitura.

“Reiteramos, com veemência, que a Prefeitura de Apucarana não tem qualquer responsabilidade em relação a esta parada LGBT, muito menos quanto à sua promoção ou apoio ao evento”, frisa o procurador Paulo Sérgio Vital.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta