16/05/2021

A professora Tatiana Andréia Agrela Felipe Chinelli, 38 anos, faleceu no Hospital da Providência, em Apucarana, neste domingo (16), em decorrência de problemas causados pela Covid-19, conforme informações.

Ela morreu após ficar internada e intubada desde o final de abril por complicações da doença, e no dia 29 de abril, deu à luz ao segundo filho que teve com o desenhista Júlio César Chinelli, de 40 anos, que também faleceu de Covid-19, no dia 3 de maio. A professora era diretora do CMEI Maria dos Santos. Familiares e amigos manifestaram profunda consternação nas redes sociais.

De acordo com a Autarquia de Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa), o velório de Tatiana Andréia Agrela Felipe Chinelli vai ser realizado na Capela Mortuária do Jardim Ponta Grossa e o sepultamento está marcado para 16 horas deste domingo (16), no Cemitério Cristo Rei, em Apucarana.

Boletim
Conforme boletim divulgado no sábado (15) pela Autarquia Municipal de Saúde (AMS), em Apucarana já foram registrados 11.008 diagnósticos positivos do novo Coronavírus e 287 pessoas morreram em decorrência da doença no município desde o início da pandemia. Ainda segundo o boletim da AMS, Apucarana tem mais 280 suspeitas em investigação. O número de recuperados chega a 9.787 e o número de monitorados atualmente é de 1.692 pacientes.

Em Apucarana 56 pacientes estão internados no Hospital da Providência, sendo 19 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 37 em leitos de enfermaria. O município tem 734 casos ativos da doença.

Deixe seu comentário